terça-feira, 24 de abril de 2012

Jorge Amado e Universal: Um olhar inusitado sobre o homem e a obra

Jorge Amado e Dona
Jorge Amado e Dona
Banco participa do calendário oficial de comemoração do centenário do autor com mostra que estreia no Museu da Língua Portuguesa, em São Paulo, e depois segue para o Museu de Arte Moderna de Salvador
Projetos desenvolvidos e fomentados pelo Santander valorizam boas ideias, promovem culturas e potencializam a troca de conhecimento entre as pessoas e instituições para despertar no indivíduo novas formas de pensar e agir
Para celebrar os cem anos do escritor Jorge Amado, o Santander é parceiro da mostra que leva seu nome. Jorge Amado e Universal acontece em São Paulo, a partir de 17 de abril, e em Salvador inaugura no mês de agosto. A iniciativa, chancelada pela Fundação Casa de Jorge Amado, traz fotografias, objetos, folhetos de cordel, filmes, entre outros itens, sendo que parte do conteúdo nunca foi vista pelo público. Para o Santander, participar das comemorações sobre a vida e a obra de Jorge Amado, reforça nosso posicionamento de valorização da cultura brasileira, expressa na exposição do trabalho de um dos mais importantes escritores do nosso país, feita de maneira contemporânea e inovadora, como é o caso da curadoria e cenografia desta montagem e dos espaços escolhidos para sua realização, importantes centros culturais que expressam muito bem o papel educativo dos museus, para o enriquecimento da nossa cultura. Jornalista, romancista e memorialista, o escritor baiano é um dos maiores protagonistas da literatura brasileira.

Lavagem do Bonfim - BA 1975
Lavagem do Bonfim - BA 1975

A realização da exposição é da Grapiúna e da Fundação Casa de Jorge Amado, em parceria com a Secretaria de Estado da Cultura do Governo de São Paulo e o Museu da Língua Portuguesa. Desenvolvimento e organização são da Nacked & Associados Mercado Cultural.
Exposição Jorge Amado e Universal
De 17 de abril a 22 de julho
Museu da Língua Portuguesa
Praça da Luz, s/nº, Centro, São Paulo – tel 11 3326-0775.

Museu da PUCRS

Conheça o Museu de Ciências e Tecnologia da PUCRS

Disseminar conhecimentos sobre ciência e tecnologia, participar ativamente no processo de educação em todos os níveis e atuar na pesquisa científica sobre biodiversidade, paleontologia, arqueologia e conservação, são os principais objetivos do Museu de Ciências e Tecnologia da PUCRS (MCT-PUCRS). Com uma grande área de exposição pública permanente (mais de 10 mil metros quadrados), onde cerca de 700 equipamentos interativos estão expostos para visitação diária, o Museu apresenta exposições temáticas de nosso cotidiano, abordando questões atuais da sociedade.
Uma equipe especializada fornece apoio pedagógico para professores de todos os níveis de ensino, a fim de que a visitação ao Museu seja um momento rico e intenso de aprendizagem. Ao mesmo tempo, a interatividade dos experimentos torna as atividades lúdicas e estimulantes, despertando em todos o interesse pelo conhecimento.

Setores e Coleções Científicas

A área de pesquisa o Museu está intimamente ligada a Programas de Pós-Graduação de Zoologia e de História da PUCRS. Possui coleções científicas de destaque em diversas áreas como Arqueologia, Botânica, Paleontologia e Zoologia.
O estudo da biodiversidade brasileira é um dos principais tópicos de pesquisa científica no MCT-PUCRS. As coleções científicas registram e arquivam espécimes representantes de nossa biodiversidade e de seu DNA, facilitando pesquisas sobre a diversidade, taxonomia, evolução, biogeografia e conservação.