sábado, 24 de dezembro de 2016

Porto Verão Alegre anuncia programação para 2017
Festival ocorre de 07 de janeiro a 19 de fevereiro, com apresentações em nove espaços da Capital

Um dos mais queridos festivais de teatro do Rio Grande do Sul, o Porto Verão Alegre ocorrerá entre 07 de janeiro e 19 de fevereiro. Na próxima edição, cuja programação completa pode ser conferida pelo site, serão apresentados nove espetáculos a mais que no ano passado, totalizando 67. Nesta, que será a 17ª realização do evento, também haverá a tradução em Libras em três montagens, audescrição em duas e um programa que inclui atrações de literatura, cinema e psicanálise e artes visuais. Os ingressos começam a ser vendidos no dia 03 de janeiro, pelo preço de R$ 30.

A organização elencou nove espaços para receber as peças: o Theatro São Pedro (Pça. Mal. Deodoro, s/nº), o Centro Histórico-Cultural Santa Casa (Independência, 75), o Instituto Ling (João Caetano, 440), o Teatro de Arena (Borges de Medeiros, 835), o Teatro da AMRIGS (Ipiranga, 5311), o Teatro Novo DC (Frederico Mentz, 1561), o Teatro Renascença e a Sala Álvaro Moreyra (Érico Veríssimo, 307), e o Teatro do Sesc (Alberto Bins, 665).

Um dos destaques da programação, que pode ser conferida pelo site, é a montagem “Caio do Céu”, a qual transpõe parte do universo de Caio Fernando Abreu, com uma linguagem híbrida: música ao vivo, imagens projetadas e interpretação da premiada atriz Deborah Finocchiaro e do músico Fernando Sessé. Com direção de Luís Artur Nunes, o espetáculo poderá ser visto no icônico Theatro São Pedro, nos dias 07 e 08 de janeiro; e 31 de janeiro, 01 e 02 de fevereiro no Centro Histórico-Cultural Santa Casa. A peça também será apresentada no noite de abertura do festival, em sessão exclusiva para convidados.

Estreias da edição

Além de “Caio do Céu”, que inaugura o evento, outros títulos serão apresentados ao público pela primeira vez. “Amor de 4”, que tem base nos “Fragmentos do Discurso Amoroso” de Roland Barthes, e se debruça sobre os signos do amor, será apresentada nos dias 20, 21 e 22 de janeiro na sala Sala Álvaro Moreyra. Estes “signos” são representados por meio de cenas clássicas de Shakespeare, Alexandre Dumas, Garcia Lorca, Eurípedes e Nelson Rodrigues. A trilha e a iluminação são operadas pelos dois atores, e em alguns momentos, com Nicolas Vargas ao piano, os atores interpretam canções como “Creep” do Radiohead, “Back To Black” de Amy Winehouse entre outras.

Em “Comédia Vale Tudo”, que será exibida nos dias 17, 18 e 19 de janeiro no Teatro do Sesc, Eduardo Mendonça, Lucas Sampaio e Thiago Prade interpretam um stand up comedy com improvisos, música e o que mais for necessário para a plateia rir. Em 21, 22, 28 e 29 de janeiro, no Teatro Novo DC, a Cia Teatro Novo performa sua versão do clássico shakespeariano “Sonho de uma noite de verão”. Já “Um Hippie, um punk e um rajneesh” é livremente inspirada na música gravada pelos Replicantes. O texto é uma comédia que fala dos conflitos vividos por essa geração pós-hippie, meio punk, meio zen. A montagem será apresentada nos dias 10, 11 e 12 de janeiro no Centro Histórico-Cultural Santa Casa.

Festival terá atrações de literatura, cinema e psicanálise e artes visuais

Além da programação de espetáculos, há novidades nas atrações de literatura, cinema e psicanálise e artes visuais, que são gratuitas, e que completam a grade e caracterizam o Porto Verão Alegre como um festival de cultura. As Segundas Literárias serão realizadas nos dias 09 e 16 de janeiro, às 19h30min, no Instituto Ling. Respectivamente, terão a presença de Artur José Pinto e Júlio Conte, dois dramaturgos consagrados, cujas obras se fazem presentes na história do festival. Haverá leituras dramáticas de trechos de suas obras e bate-papo com a plateia.

As edições do Cinseg, que consiste na exibição de filmes e debate com a presença de psicanalistas, ocorrerão nos dias 10 e 17 de janeiro, às 19h30min, também no Instituto Ling. As duas obras a serem exibidas são do diretor Paulo Nascimento e, respectivamente, serão "A Oeste do Fim do Mundo", que terá como debatedores Fernanda Dornelles Hoff e Gilberto Perin; e "Valsa para Bruno Stein", com o debate de Débora Farinati e Catia Simon.

As Terças Alegres contam com nova parceira, a Galeria Mamute (Caldas Júnior, 375). O local hospeda oficinas de fotografia "Afetos em Click", cujas atividades têm caráter inclusivo e visam no exercício prático da fotografia a vivência do sentimento de pertencimento no dia a dia em nossa sociedade. A oficina é voltada para o público adolescente, com vagas abertas para pessoas com Síndrome de Down. As oficinas acontecem nos dias 17, 24 e 31 de janeiro, das 16h30min até as 19h30min, ministradas pelo Prof. Dr. Walter Karwatski. Há 12 vagas, que devem ser previamente reservadas pelo e-mail contato@galeriamamute.com.br.

Outras duas atividades que vão acontecer na Galeria Mamute são "Artista e Residência", no qual Antônio Augusto Bueno, no dia 19 de janeiro às 21h, conta auas experiências em residências artísticas; e "Encontro com artista", com Patrícia Francisco, que falará sobre o processo de criação e produção das obras na mostra. O encontro será no dia 26 de janeiro, às 20h. Para essas duas atividades não é preciso se inscrever previamente; a entrada é por chegada.
Marina Park dá início à temporada 2016/2017 no Litoral Norte
Parque aquático conta com um brinquedo novo e promoções

Tradicional atração do Litoral Norte há 18 anos, o Marina Park, em Capão da Canoa, inaugurou a temporada de verão 2016/2017 em 3 de dezembro com uma novidade: o Pulo Radical. Inédito no Brasil, o brinquedo conta com uma pista de slide ramp, do qual a pessoa é arremessada com a força de seu próprio corpo. Outro destaque é o Dragon Free, único toboágua no sul do país com 14 metros de altura e quase 90 graus de inclinação.

Em uma área de 450 mil metros quadrados, o Marina Park conta com várias atrações específicas conforme a idade e a altura dos visitantes. A infraestrutura oferece estacionamento gratuito e mais de 10 opções para alimentação, incluindo restaurantes e lancherias.

O que saber

Onde: Estrada do Mar, 1.000, Capão da Canoa

Quando: até 5 de março. Em dezembro, de terça a domingo, e de janeiro a março, diariamente. Sempre das 10h às 18h.

Quanto: comprando ingressos pelo site, o visitante tem desconto. Nas bilheterias, as entradas custam R$ 80 (adulto) e R$ 65 (infantil); online, ambas saem por R$ 49 (dezembro) e R$ 60 (janeiro a março). Crianças de até 1 metro não pagam.